Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Pedrógão Grande: o País não esteve à altura da confiança dos portugueses
Para José Matos Correia importa proceder a “um apuramento exaustivo daquilo que se terá passado” e, assim, “honrar a memória daqueles nossos compatriotas” e “garantir que este drama não mais se repetirá”.
José Matos Correia considera que “o país não esteve à altura” da confiança dos cidadãos no fim-de-semana, defendendo que “terá de chegar” o momento de apurar eventuais falhas e responsabilidades no incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande.
Na sessão parlamentar evocativa em memória das vítimas do incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande, o social-democrata declarou que “no passado fim-de-semana 64 pessoas confiaram: confiaram umas que podiam estar tranquilamente em suas casas, confiaram outras que podiam dar um passeio com uns amigos, confiaram outras que lhes era possível gozar uns dias de férias”.
Para Matos Correia, esses cidadãos confiaram que “as instituições seriam capazes de os proteger perante um perigo com que se defrontassem. O país, no entanto, não esteve à altura dessa confiança”, lamentou, acrescentando que “este não é o momento ainda para analisar falhas e apurar responsabilidades, se as houver”, mas que “esse momento tem de chegar”.
“Porque a busca da verdade tem sempre de ser numa democracia consolidada como a nossa uma preocupação central, porque só a perceção do que terá corrido bem poderá ajudar-nos a refletir sobre o modo como estas catástrofes podem ser evitadas ou fortemente minimizadas”, afirmou.
O deputado social-democrata considerou que “o diagnóstico das fragilidades do país neste domínio está feito”, mas alertou que as ocorrências deste ano “atingiram dimensões sem precedentes”, sobretudo em termos de vítimas civis.
“É precisamente esta diferença tão marcante entre passado e presente que exige um apuramento exaustivo do que se terá passado”, disse, considerando que essa será a melhor forma de “garantir que este drama não mais se repetirá” e o “melhor modo de honrar a memória” dos afetados pelo incêndio.
Para o PSD, “Portugal não pode estar condenado ano após ano a viver com o receio e a angústia de enfrentar tragédias” como a atual.
José Matos Correia aproveitou a ocasião para reiterar, em nome do partido, palavras de homenagem e conforto às vítimas e de gratidão aos que estão no terreno, apontando os bombeiros como “um exemplo de coragem, de determinação e amor ao próximo”.

22-06-2017 Partilhar Recomendar
19-01-2018
“Em 2016 o investimento público na floresta diminuiu”
    Maurício Marques refere que a “floresta portuguesa tem sido objeto de muitas considerações e muitas propostas, mas no terreno pouco ou nada se verifica”.
18-01-2018
PSD propõe Projetos-piloto de ordenamento florestal para o interior
    Duarte Marques defendeu que o projeto previsto para Pedrógão seja alargado a Mação, Oleiros, Vila Velha de Ródão, Castelo Branco, Proença-a-Nova, Gavião e Nisa.
20-12-2017
“Este foi um ano bem penoso para os portugueses e a responsabilidade é sua que é Primeiro-Ministro”
    Hugo Soares contrariou António Costa e desafiou-o a pronunciar-se sobre a coerência do governo em assuntos como a associação Raríssimas, os CTT, o Salário Mínimo Nacional e o Montepio.
20-12-2017
Passos Coelho acusa o PS de instrumentalizar o Estado e os cidadãos
    O líder do PSD afirmou ainda não ter memória de “ano tão trágico”.
06-12-2017
“Este é um governo sozinho e esgotado”
    Hugo Soares afirmou que em questões estruturais o governo não pode contar com BE e PCP e questionou António Costa sobre o Infarmed e sobre o “flick flack à retaguarda” do PS em relação ao imposto das renováveis.
29-11-2017
Nuno Serra acusa a esquerda de não valorizar os territórios de baixa densidade populacional
    O deputado apelou à implementação de reformas que criem condições para atrair mais população e empresas para estas regiões.
29-11-2017
Maurício Marques apela ao governo para que “pare, escute e olhe”
    Em causa a atuação do executivo em relação aos incêndios e às propostas do PSD que teima em rejeitar.
29-11-2017
Incêndios: “alguém acha razoável o Estado ir cobrar impostos às pessoas que perderam as suas casas?”
    Margarida Balseiro Lopes criticou a esquerda por ter chumbado a proposta do PSD de isenção de IMI a quem perdeu a sua casa.
29-11-2017
Incêndios: PSD propõe a criação de um programa nacional de apoio à recuperação do parque habitacional afetado
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pela deputada Berta Cabral.
29-11-2017
PSD apresenta propostas para apoiar as empresas e os territórios que foram atingidos pelos incêndios
    Luís Leite Ramos frisou que estas medidas são urgentes e visam resolver problemas que afetam empresas e populações.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas