Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Madeira: “um ano depois dos incêndios ainda não chegou um único tostão do Estado para a reconstrução e reabilitação das habitações”
Sara Madruga da Costa lamentou que o governo continue sem resolver os problemas causados por esta catástrofe.
“Um ano depois dos incêndios que ceifaram vidas e destruíram casas na ilha da Madeira, ainda não chegou um único tostão do Estado para a reconstrução e reabilitação das habitações”, afirmou hoje Sara Madruga da Costa, no debate da Proposta de Lei aprovada, pela Assembleia Legislativa da Madeira com vista à criação de um regime de exceção que permita que todas as famílias afetadas pelos incêndios sejam apoiadas na recuperação das sua casas, independentemente dos seus rendimentos.
A deputada do sublinhou que, em circunstâncias normais, “não teríamos a discussão desta iniciativa”, porque “este assunto já estaria resolvido”. “Podem dizer o que quiserem, podem falar nos números que quiserem, a verdade é que, um ano depois dos incêndios, ainda não chegaram as verbas para a habitação e, por isso, é que este assunto não está resolvido”, disse, acusando os deputados do PS e do BE da Madeira de chegarem a Lisboa e fazerem “tábua rasa da Autonomia e das suas instituições”, aproveitando “a oportunidade para fazer politiquice”.
“É bom dizer que o anunciado dinheiro do Estado que chegou à Região foi curiosamente três milhões de euros para a Câmara Municipal do Funchal, que continuamos sem saber onde foram utilizados.”
Sara Madruga da Costa salienta que, um ano depois, ainda não chegou à Região o apoio do Estado para que as famílias possam reconstruir as suas casas e os que estão previstos continuam a deixar 30% dos afetados de fora.
No entanto, ressalvou, há quem não resista em “colocar cartazes a torto e a direito e depois corre-lhe mal”. “Já correu mal com o anúncio do financiamento do Hospital e agora correu-lhe mal outra vez com este cartaz a dizer que “financiaram os incêndios”, colocado o ano passado, quando um ano depois ainda não chegaram as verbas”, denunciou Sara Madruga da Costa, dirigindo-se ao deputado do PS. “É por isso que o sr. Deputado é forçado a insistir nesta narrativa que está resolvido porque já anunciou o ano passado e a situação ainda não está resolvida”, rematou.


09-06-2017 Partilhar Recomendar
Intervenção de Sara Madruga da Costa no Plenário
31-10-2018
Sara Madruga da Costa: Orçamento do Estado é péssimo para a Madeira
    A deputada considera que o documento foi feito para enganar os portugueses.
30-10-2018
“O PS não perdoa os madeirenses por terem dado 49 vitórias eleitorais ao PSD e nenhuma ao PS”
    Paulo Neves assegurou que o cerco que António Costa está a fazer à Madeira o vai levar a uma nova derrota.
29-10-2018
Rubina Berardo acusa o governo de cativar 120 milhões em transferência devidas à Madeira
    A deputada considera que estamos perante um executivo que “encena e dissimula”.
29-10-2018
“Orçamento do Estado é uma farsa também para a Madeira”
    Segundo Sara Madruga da Costa os madeirenses já perceberam que foram enganados pelo governo.
19-10-2018
Madeira: Sara Madruga da Costa reúne com produtores de sidra
    No encontro, a deputada constatou a injustiça criada pelo Orçamento das esquerdas.
12-10-2018
Hospital da Madeira: deputados do PSD eleitos pela Região exigem a correção da decisão do Conselho de Ministros
    Os sociais-democratas exigem que António Costa honre o compromisso assumido de financiar a obra em 50%.
11-10-2018
Madeira é a única Região do País que cumpre com enfermeiros
    A conclusão foi retirada por Sara Madruga da Costa após uma reunião com as estruturas sindicais.
04-10-2018
Atrasos e dívidas do governo afetam a saúde dos madeirenses
    Sara Madruga da Costa e Rubina Berardo reuniram com o Secretário Regional da Saúde.
28-09-2018
O Hospital da Madeira não pode ser arma de arremesso político
    Sara Madruga da Costa lamenta que o governo tenha demorado três anos a tomar uma decisão sobre uma infraestrutura que é fundamental para os madeirenses.
28-09-2018
Sara Madruga da Costa desafia partidos da Geringonça a aprovarem taxa de IVA reduzida para a Investimentos Habitacionais da Madeira
    A deputada considera “inaceitável” que duas entidades que prosseguem os mesmos objetivos tenham “um tratamento fiscal completamente diferente”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas