Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer explicações do governo sobre refugiados que abandonam Portugal
Teresa Morais considera que “a integração de refugiados em Portugal tem falhas e essas falhas estão a ficar à vista”.
O PSD questionou o Governo sobre a duplicação do número de refugiados que abandonam Portugal, com Teresa Morais a alertar para “dezenas de crianças” refugiadas que desapareceram de centros de acolhimento.
Numa pergunta entregue esta quinta-feira na Assembleia da República, o PSD questiona as razões de, segundo notícias recentes, das 1.255 pessoas que foram acolhidas em Portugal, 474 terão abandonado as instituições, o que representa cerca de 40% do total.
Segundo a social-democrata essas pessoas terão usado Portugal como “uma espécie de passadeira para outros países da Europa” mais atrativos.
“O Governo nunca deu uma resposta clara, nem uma interpretação aceitável para este fenómeno”, acusou.
Para o PSD, esta movimentação demonstra que “a integração de refugiados em Portugal tem falhas e essas falhas estão a ficar à vista”.
No caso das crianças, a deputada Teresa Morais admitiu que “há alguns exemplos bem-sucedidos de integração no sistema educativo”, mas alertou para outra situação preocupante.
“É muito preocupante que de centros de acolhimento de refugiados desapareçam dezenas de crianças, a quem as autoridades portuguesas perderam literalmente o rasto, a quem as autoridades portuguesas não sabem o que lhes poderá ter acontecido”, afirmou, acrescentando que estas crianças “podem estar a ser objeto de exploração sexual, podem ter sido envolvidas em redes de tráficos de menores” e acusou o Governo não ter dado explicações suficientes sobre estes fenómenos.
Na pergunta hoje entregue no parlamento, o PSD quer conhecer as explicações do Governo para esta movimentação de saída, quantas as pessoas integradas em programas de formação profissional, quantas já tiveram acesso ao mercado de trabalho e quantas estão a aprender a língua portuguesa.
Por outro lado, os sociais-democratas querem saber que tipo de avaliação tem o Governo feito sobre o acolhimento praticado, as taxas de sucesso e como pretende melhorar.
“Em nosso entender, uma das falhas está na forma como as pessoas são colocadas. Muitos que vêm de meios urbanos têm sido colocados em meios rurais com os quais não se identificam, outros não tem tido acesso à aprendizagem de língua portuguesa ou formação profissional”, criticou Teresa Morais.

27-04-2017 Partilhar Recomendar
19-04-2018
“Lei da paridade constituiu uma alavanca social importantíssima para fomentar a participação feminina”
    Sandra Pereira recordou o trabalho feito pelo governo liderado pelo PSD no sentido de aumentar a igualdade de oportunidades para homens e mulheres.
19-04-2018
Paridade: Carlos Peixoto considera que o governo devia “corar de vergonha”
    Com apenas 3 mulheres no lugar de ministras, o social-democrata considera “de uma enorme hipocrisia política” a tentativa do executivo de impor aos outros o que não pratica.
15-03-2018
Brexit: proteção dos direitos dos nossos cidadãos a residir no Reino Unido é uma prioridade para o PSD
    Carlos Gonçalves recordou ao Primeiro-Ministro que vivem 400 mil portugueses no Reino Unido.
15-03-2018
Europa: discurso do governo varia conforme a plateia que tem pela frente
    Rubina Berardo considera que a “espargata que o governo tenta fazer entre as conversas que tem no Conselho Europeu e as conversas que tem com os seus parceiros de governo não é recomendável nem credível”.
09-03-2018
PSD assinala Dia Internacional da Mulher
    Regista Bastos referiu que apesar dos progressos há ainda um longo caminho a percorrer.
26-01-2018
Clara Marques Mendes reafirmou a importância dada pelo PSD às matérias da parentalidade e igualdade
    A deputada recordou as alterações introduzidas no sentido de reforçar os direitos de parentalidade e de uma maior conciliação entre a vida pessoal e a vida profissional.
05-01-2018
Governo afastou o Parlamento do processo negocial para a entrada de Portugal na Cooperação Estruturada Permanente
    Costa Neves salientou a importância de o Parlamento ser envolvido e escrutinar todo este processo.
15-12-2017
PSD condena posição de Martin Schulz relativamente ao federalismo europeu e à expulsão automática de Estados-Membros da União Europeia
    Duarte Marques considera que é inaceitável a posição expressa pelo ex-Presidente do Parlamento Europeu.
15-12-2017
Violência no Namoro: PSD defende que crime de homicídio seja qualificado
    Andreia Neto recordou que a iniciativa visa equiparar o crime de homicídio no namoro ao crime de homicídio no casamento.
14-12-2017
PSD quer que o Governo apresente o novo plano de ação sobre a promoção da igualdade no mercado de trabalho e o combate às desigualdades salariais
    Sandra Pereira apresentou o Projeto de Resolução dos sociais-democratas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas