Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD defende a criação de um Programa para o Aproveitamento do Património Imobiliário Público
Jorge Paulo Oliveira apresentou a iniciativa dos sociais-democratas que defende uma Cooperação entre o Estado e as Autarquias Locais.
“As maravilhas naturais do vulcânico arquipélago dos Açores, o «jardim flutuante» da Madeira, a impressionante linha da costa atlântica, os cabos «místicos» do Continente, as douradas planícies alentejanas, o interior montanhoso, as vilas medievais, as paisagens intocadas, as praias maravilhosas fazem de Portugal um país de lugares invulgarmente bonitos”. Foram estas as palavras inicias de Jorge Paulo Oliveira na apresentação do Projeto de Lei do PSD que defende a criação de um Programa para o Aproveitamento do Património Imobiliário Público.
Contudo, adianta o social-democrata, Portugal também é um país de lugares quase despovoados, de imóveis abandonados à sua sorte, ao seu destino, à sua fortuna. “Imóveis que parecem querer falar connosco, que nos parecem pedir que os escutemos, em vez de passarmos apressados sem os vermos. É uma «dor de alma» ver tão valioso património imobiliário público a degradar-se por falta de atenção, por falta de manutenção”.
Sublinhando que o Estado nunca foi capaz gerir eficientemente o seu património imobiliário subsistindo milhares de imóveis devolutos, subutilizados, muitos deles, abandonados, degradados e sistematicamente vandalizados, o social-democrata enfatizou que “Portugal não se pode dar ao luxo de perder este património”. Dirigindo-se aos restantes deputados, o parlamentar afirmou que “podemos pôr termo a este desperdício de recursos, a este, não raras vezes, atentado à identidade histórica, cultural e social do país. A nossa proposta é muito simples e assenta na descentralização, que ao longo destas quatro décadas de democracia, já provou ser uma política correta e um instrumento eficaz do nosso desenvolvimento coletivo. Assenta na confiança, na capacidade de iniciativa, na proximidade, na eficiência da ação das autarquias e das entidades intermunicipais. Assenta basicamente num programa de parcerias entre o Estado e as entidades locais, possibilitando às autarquias fazer aquilo que o Estado não tem conseguido fazer: valorizar o património público inativo”.
Sublinhando que esta é a melhor resposta às insuficiências do Estado, Jorge Paulo Oliveira concluiu declarando que esta é a resposta que melhores condições oferece para a prossecução do interesse público.

10-02-2017 Partilhar Recomendar
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
05-07-2019
Extinção de freguesias foi sugerida à troika pelo governo do PS
    Jorge Paulo Oliveira recordou que esta não foi uma medida imposta, mas sim uma opção dos socialistas.
26-11-2018
“Logo na primeira oportunidade o governo falha duplamente no cumprimento da nova lei das finanças locais”
    Jorge Paulo Oliveira acusou o governo de estar a falhar no processo de descentralização.
15-06-2018
Proposta do governo para alterar a Lei das Finanças Locais “é uma profunda desilusão”
    Manuel Frexes considera que é “imperioso que o governo corrija esta trajetória”.
15-06-2018
Descentralização: “o governo tem que respeitar os compromissos assumidos”
    António Costa Silva enfatizou que “os portugueses têm grandes expectativas para que o processo de descentralização seja um sucesso”.
15-06-2018
Lei das Finanças Locais: governo apresenta “uma mão cheia de nada”
    Berta Cabral lamentou a postura do executivo e recordou que o PSD está desde a primeira hora na vanguarda do processo de descentralização.
07-02-2018
Descentralização: também nesta matéria a palavra dada não foi palavra honrada
    Jorge Paulo Oliveira afirmou que o governo do PS está prisioneiro da esquerda mais radical que não quer a descentralização.
24-01-2018
Berta Cabral: “descentralização é um desígnio nacional”
    A deputada lamentou os atrasos do governo e garantiu aos municípios que o PSD os vai defender.
05-01-2018
Alojamento local: tudo faremos para que a esquerda não estrague uma atividade de sucesso
    Berta Cabral lembrou que este setor tem contribuído para o crescimento económico, criação de emprego, fixação de pessoas nos seus territórios e para a reabilitação urbana.
19-12-2017
PSD responde ao apelo das freguesias de Aves e Lordelo
    Emídio Guerreiro apresentou a iniciativa dos sociais-democratas referente à alteração dos limites territoriais destas freguesias.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas