Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Deputados do PSD questionam Governo sobre mapeamento de escolas em Viseu
Os sociais-democratas eleitos pela região pretendem saber quais os critérios que o Executivo vai utilizar para a realização de obras.
Os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Viseu questionaram hoje o Governo sobre o mapeamento das infraestruturas de educação nalguns concelhos do distrito, relativamente às quais estão preocupados.
“Sabendo que estão mapeadas escolas nos concelhos de Lamego, Mangualde, Moimenta da Beira, São Pedro do Sul, Tondela, Viseu e Vouzela, quais os critérios de entrada em obra?”, perguntam os deputados.
Pedro Alves, Leitão Amaro, António Lima Costa, Inês Domingos e Isaura Pedro referem que “o município de Viseu já celebrou um protocolo com o Governo anterior, no qual se compromete a ser o dono de obra, a elaborar os projetos e a suportar a componente nacional dos 15%”, e querem saber “como e quando pretende o Governo reverter o protocolo”.
Na pergunta que entregaram hoje na Assembleia da República, os sociais-democratas lembram que “o anterior Governo fechou com a Comissão Europeia uma dotação de 350 milhões de euros de fundos comunitários do Portugal 2020 para resolver algumas carências de infraestruturas da educação, designadamente ao nível da reabilitação e requalificação das escolas do 2.º e 3.º ciclos e algumas do ensino secundário”.
“Estes fundos foram alocados às chamadas ‘zonas de convergência’, o que resultou num conjunto de escolas mapeadas ou identificadas para requalificação, desde o Norte, Centro, Alentejo e Algarve”, acrescentam.
Por estar a decorrer o processo de candidatura em todos os Programas Operacionais Regionais, os deputados consideram que é importante “saber as condições e o calendário em que o Governo pretende executar as intervenções mapeadas”.
“Sabendo que o ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, se comprometeu com as autarquias que o Governo assumirá a comparticipação nacional destes investimentos, um valor aproximado de 53 milhões de euros”, entendem que devem ser “esclarecidas algumas questões práticas que preocupam os autarcas e as comunidades educativas”.
Entre as questões colocadas estão “quem executa o projeto e quem lança a obra” e, “caso a opção recaia nas autarquias, qual será o modelo de protocolo a celebrar para a requalificação dos edifícios”.
“Poderá o valor do IVA ser fator de decisão, uma vez que para a Parque Escolar o IVA é de 23% e para as autarquias é de 6%”, perguntam ainda.

23-02-2016 Partilhar Recomendar
10-05-2019
António Costa revelou a sua falta de sentido de Estado e de responsabilidade
    Fernando Negrão sustentou ainda que “confiar ao PS a garantia das boas contas é como confiar à raposa a guarda do galinheiro”.
10-05-2019
Professores: proposta do PSD traduzia um firme compromisso de responsabilidade e de confiança do país para com a educação
    Em sentido contrário, lamenta Margarida Mano, temos um PS que considera “ludibriar as pessoas um talento digno de elogio”.
08-05-2019
PSD defende a construção de uma ligação rodoviária em perfil de autoestrada entre Viseu e Coimbra
    Pedro Alves frisou que esta é a maior e mais urgente prioridade nacional em investimento rodoviário.
08-05-2019
Pedro Pimpão: “estamos perante uma crise encenada, uma farsa”
    O deputado acusou o governo de ter instrumentalizado os professores por mero “tacticismo político”.
08-05-2019
“António Costa pretende acabar a Legislatura como a começou: com um golpe parlamentar”
    Adão Silva sublinhou que para o PSD “o equilíbrio das contas públicas é inegociável”.
08-05-2019
Para o governo o PCP passou a ser um “zero à esquerda”
    Álvaro Batista considera que se trata de uma “desconsideração” por um partido que tem sido “muleta do governo”.
08-05-2019
“António Costa quis desviar as atenções dos portugueses do que verdadeiramente lhes está a correr mal”
    Germana Rocha fala em “golpe palaciano”.
16-04-2019
Pedro Alves acusa o governo de querer discriminar os professores
    O deputado lembra que o executivo enganou deliberadamente os professores.
16-04-2019
Professores: PSD defende a contabilização integral do tempo de serviço congelado
    Margarida Mano assume que este é o compromisso de governo que os sociais-democratas estão prontos para assumir a partir de outubro.
14-03-2019
“Para este governo a militância partidária é mais importante que a competência”
    A acusação partiu da deputada Sara Madruga da Costa no debate sobre a nomeação dos membros das Entidades Administrativas Independentes.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas