Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“O desvario da governação do PS colocou em causa os principais pilares da nossa sustentabilidade”
Carlos Silva lamentou a forte aposta na construção sem freio que originou uma grave situação de sobre-endividamento das famílias.

“O que o Partido Comunista nos traz aqui hoje, a este debate, é uma verdadeira revolução à moda do PREC em que não reconhece em matéria de arrendamento o papel desempenhado por esta Assembleia e por todos os partidos políticos que tiveram iniciativa nesta área ao longo dos 38 anos do Portugal Democrático. Mais, lembra o tempo que não queremos recuperar, das ocupações selvagens, em que não foram reconhecidos os direitos de propriedade aos legítimos proprietários”. Foi com estas palavras que Carlos Silva iniciou, esta quarta-feira, a sua intervenção no debate do Projeto de Lei do PCP que pretende revogar o regime jurídico do arrendamento urbano.

De seguida, o parlamentar lamentou o nosso ponto de partida. “A herança dos últimos governos e em particular o desvario dos últimos anos da governação Socialista, colocaram em causa os principais pilares da nossa sustentabilidade futura. Foi a existência de uma forte aposta na construção sem freio, de casas novas, totalmente baseado na existência de um sistema financeiro em que o crédito era concedido sem critério que nos trouxe à situação em que nos encontramos. Este modelo levou-nos a uma grave situação de sobre-endividamento das famílias, e contribuiu para agravamento e degradação do património imobiliário”.

Face a este historial, considera o social-democrata, “a aposta no arrendamento é a aposta correta, num modelo mais sustentável, já que permite uma maior flexibilidade e mobilidade aos agregados familiares e não cria bolhas artificiais de riqueza, que ciclicamente rebentam com consequências gravosas para a economia e para as famílias portuguesas”.

“Não podemos ainda esquecer uma das medidas que marcou este Orçamento do Estado pela positiva, que é a criação de uma taxa especial de tributação de rendimentos em IRS dos proprietários que têm rendas. Esta medida tem um vasto alcance social e revela a dinâmica reformista que este executivo tem estado a imprimir às suas ações. Os senhorios podem optar pelo englobamento dos rendimentos prediais no conjunto dos restantes rendimentos ou em alternativa recorrer a uma taxa liberatória de 28% consoante o que lhes for mais favorável, o que significa que se a sua taxa de IRS for inferior a 28% beneficiam dessa taxa. Também nesta matéria o esforço inteligente em incentivar a economia é feito descriminando positivamente os titulares com menores rendimentos. Trata-se de uma medida que deve ser realçada, já que conduz a um desagravamento fiscal para muitos Portugueses”.

A concluir, Carlos Silva enfatizou que “esta dinâmica não pode ser travada pelas forças do imobilismo e pelas forças daqueles que querem apenas dar a aparência de movimento para que tudo fique na mesma”.

27-02-2013 Partilhar Recomendar
16-04-2019
PSD apresenta propostas de alteração ao regime das sociedades de investimento e gestão imobiliária
    Jorge Paulo Oliveira afirmou que os sociais-democratas pretendem atrair investimento para a dinamização do mercado imobiliário.
13-12-2018
Propostas do PSD para a Habitação e Arrendamento Urbano são “equilibradas, sensatas e justas”
    Berta Cabral afirmou que o nosso país precisa de um verdadeiro mercado de arrendamento.
13-12-2018
“PSD propõe a criação do regime jurídico do arrendamento urbano para efeitos de qualificação, educação e formação”
    Margarida Balseiro Lopes considera que esta é a resposta aos mais de 70 mil alunos deslocados que não conseguem ter vagas em residências.
13-12-2018
PSD propõe a criação de um regime jurídico de arrendamento a estudantes
    António Lima Costa adiantou ainda que os sociais-democratas querem apoiar os estudantes que frequentam as Instituições de Ensino Superior localizadas no interior.
13-12-2018
Habitação: “o governo é pródigo a anunciar, mas em três anos nada conseguiu resolver”
    A acusação foi deixada por Germana Rocha no Plenário.
13-12-2018
PSD apresenta 10 iniciativas sobre Habitação e Arrendamento Urbano
    António Costa Silva frisou que as iniciativas pretendem fazer com que o mercado do arrendamento funcione plenamente.
27-11-2018
Resolução dos problemas do mercado de arrendamento não pode ser feita à custa dos proprietários
    António Costa Silva sublinha que a correção deve ser efetuada através do estímulo da oferta.
21-09-2018
António Costa Silva acusa esquerda radical de "balburdia legislativa"
    Em causa o decreto que garante o exercício do direito de preferência pelos arrendatários.
11-05-2018
Inquilinos da Fidelidade: Sandra Pereira acusa o BE de promover o medo e gerar a instabilidade
    A deputada considera que esta prática é, na realidade, o “alimento político” dos bloquistas.
10-05-2018
Arrendamento: pospostas do PSD foram feitas a pensar em todos os portugueses
    Jorge Paulo Oliveira refutou a visão esquerdista de “apontar soluções sempre a pensar na macrocefalia de Lisboa e do Porto”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas