Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Portugal está mal mas o Governo está pior”
Luís Montenegro afirmou que “600 mil desempregados são o legado dos governos e das políticas socialistas em Portugal”.

Luís Montenegro encerrou as intervenções do PSD no debate do Estado da Nação. Segundo o social-democrata a primeira conclusão a retirar deste debate “é a de que o país vive uma crise económica e social grave que é estrutural mas que o Governo insiste teimosamente em considerar conjuntural e originada pela situação financeira internacional”. Comprovativos dessa crise que vivemos são as “Finanças Públicas depauperadas, a divida pública e endividamento externo no limiar da insustentabilidade, o desemprego estrutural insuportável, mais pobreza, degradação dos sistemas públicos, incluindo os relacionados com as funções soberanas do Estado, a justiça e a segurança”.

Na opinião do Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PSD “o Estado gasta de mais e produz de menos. E com isso estrangula a sociedade, que perde recursos e recorre ao endividamento. O País gasta acima das suas possibilidades”. O deputado recordou, de seguida, que “onde propuseram a criação de 150.000 novos empregos, afinal geraram 150.000 novos desempregados, onde prometeram pôr o país a convergir com a Europa, crescendo mais do que a média europeia, falharam, onde quiseram reformar os sistemas públicos, acentuaram-se as desigualdades e as assimetrias regionais e mantiveram vários constrangimentos”. A conclusão de todo este cenário é, segundo o parlamentar, a de que o “Primeiro-Ministro está cada vez mais sozinho no País”.

Recordando as palavras de José Sócrates de “que está para nascer o Primeiro-Ministro que fizesse tanto pelo défice como ele próprio”, o deputado afirmou que hoje pode dizer “sem mentir que está para nascer um Primeiro-Ministro que tenha criado mais desempregados em Portugal”. “600 mil desempregados são o legado dos governos e das políticas socialistas em Portugal”, acrescentou.

A segunda conclusão retirada por Luís Montenegro é a de que “Portugal está mal mas o Governo está pior”. “Pior porque não reconhece a realidade, pior porque a maior parte dos seus membros primam ou pela ausência ou pela descoordenação”.

A terceira conclusão é a de que o “país confirma também no parlamento a emergência duma alternativa política ambiciosa e reformista, protagonizada pelo PSD e por Pedro Passos Coelho”. “A nossa divisa é reformar estruturalmente Portugal, é transformar o Estado fazendo-o gastar menos e libertando recursos para a sociedade, é transformar o Estado garantindo apoio aos que efectivamente precisam, por estarem mais vulneráveis, mas com o intuito de os estimular a ultrapassarem essa precariedade, é transformar o Estado eliminando os estrangulamentos da nossa classe média e o asfixia das nossas empresas”.

15-07-2010 Partilhar Recomendar
10-07-2019
António Costa governa em permanente modo de “reality-show”
    Fernando Negrão acusou o Primeiro-Ministro de falar de um “país virtual”, “para a fotografia”, “pintado de cor-de-rosa”, em que o Governo “fez tudo bem”, mas que é desmentido diariamente pela realidade.
10-07-2019
“O Primeiro-Ministro falhou na proteção da saúde dos portugueses”
    Ricardo Baptista Leite enumerou um conjunto de promessas que António Costa fez e não cumpriu.
10-07-2019
Clara Marques Mendes acusa António Costa de ter voltado a faltar “à verdade aos portugueses”
    Em causa as falhas na regularização dos pagamentos das pensões em atraso por parte da Segurança Social.
10-07-2019
Governo de António Costa é “inimigo do investimento público”
    Emídio Guerreiro disse ao Primeiro-Ministro que “o governo ficará para a história como o que menos investiu”.
10-07-2019
“A Madeira merece tratamento institucional digno e imparcial”
    Rubina Berardo lembrou ao Primeiro-Ministro que “a Madeira é terra de gente livre”.
10-07-2019
António Costa Silva confrontou o Primeiro-Ministro com “a execução desastrosa” dos Fundos Comunitários
    O Vice-Presidente da bancada do PSD revela que há áreas com taxas de execução de 0%.
10-07-2019
Estado da Nação: “um povo contribuinte esmagado, serviços públicos arrasados”
    António Leitão Amaro acusou o Governo de ter falhado nas principais promessas que fez para esta legislatura.
13-07-2018
“A realidade não esconde que esta é uma solução governativa esgotada”
    No debate do Estado da Nação, Fernando Negrão frisou que “a natureza desta maioria de esquerda é a do escorpião, não resiste a fazer mal quando pode e promete fazer bem”.
12-07-2017
“O País precisa de liderança e de objetivos mobilizadores. Ficar à espera de melhores ventos e da sorte não chega”
    No debate sobre o Estado da Nação, Passos Coelho afirmou que “bastou uma série de eventos imprevistos” para o governo mostrar toda a sua insuficiência, desorientação e desarticulação”.
12-07-2017
Ministro da Saúde vive do trabalho do anterior governo
    Miguel Santos lembrou ao governante que os resultados anunciados são fruto das políticas implementadas pelo seu antecessor.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas